Institucional

Autoridades prestigiam o Summit Imobiliário Brasil 2020


Adaptado à nova realidade, evento foi transmitido pelas redes sociais dos organizadores e contou com participações presenciais restritas e virtuais
Governador João Doria participou da abertura do evento

Aconteceu nesta segunda-feira, 5/10, o Summit Imobiliário Brasil 2020, iniciativa realizada em conjunto por Secovi-SP e Estadão, em formato diferenciado, com transmissão pelas redes sociais, em razão das restrições impostas pela pandemia da Covid-19.

Os anfitriões Basilio Jafet (Secovi-SP) e Francisco Mesquita (Estadão) destacaram a força do setor para a recuperação econômica e homenagearam o empresário Elbio Fernández Mera, falecido em 28/9.

A importância de Fernández Mera para o setor também foi ressaltada pelo governador João Doria que, a exemplo de Jafet e Mesquita, participou presencialmente do evento, no Hilton São Paulo Morumbi – cumprindo todas as regras dos protocolos sanitários. Doria falou do orgulho em ter participado de todas as edições do Summit Imobiliário, destacou a força do setor, comentou as ações do governo e as medidas para conter a pandemia no Estado.

O prefeito Bruno Covas foi representado pelo secretário de Licenciamento, Cesar Azevedo, que esteve acompanhado pelo titular da Pasta da Habitação, Carlos Roberto Tomé Junior. O secretário de Estado da Habitação, Flavio Amary, participou de um dos painéis e prestigiou o evento desde o início.

Resumo - O keynote speaker Christopher Garman, diretor Executivo para as Américas na Eurasia Group, falou por videoconferência sobre as perspectivas para o mercado imobiliário, analisando o cenário macroeconômico e os impactos políticos.

Para analisar as projeções otimistas da economia brasileira que colocam o país num ciclo de crescimento, especialistas discutiram no painel A Hora da Retomada a intensidade, o alcance e a duração dessa nova fase, mediados pela jornalista Mariana Barros.

O economista-chefe do Secovi-SP e vice-presidente da CBIC, Celso Petrucci, foi um dos integrantes do painel, ao lado de Ana Maria Castelo (IBRE/FVG), Guilherme Ávila (XP Inc/Investiment Banking) e Reinaldo Le Grazie (Panamby Capital). Perfil da demanda por imóveis, aumento ou não do número de investidores, distratos e comportamento do mercado e gestão de dívida, entre outros assuntos, foram comentados e debatidos.

As perspectivas e mudanças em termos de crédito e financiamento pautaram o painel seguinte, reunindo representantes do Bradesco, Santander, Itaú-Unibanco, da Caixa Econômica Federal e da Abrainc.

Com análises políticas e econômicas, Zeina Latif e Gesner Oliveira falaram sobre as perspectivas para o setor e o Brasil, pontuadas e comentadas pelos jornalistas Eliane Cantanhêde e Celso Ming (colunistas do Estadão). Realizado durante almoço, o painel foi exclusivo para convidados, sem transmissão pelas redes sociais.

No período da tarde, os painéis trataram sobre fundings alternativos, cidades inteligentes, arquitetura como indutora de negócios imobiliários, locação residencial, as sucessões bem-sucedidas no setor imobiliário.

Caderno especial do Estadão trará a cobertura completa do Summit Imobiliário Brasil 2020.

Autor: Assessoria de Comunicação - Secovi-SP


  • Ampliar
  • Câmara de Mediação Secovi-SP
  • Certificação Digital
  • Geosecovi
  • Milenium
  • PQE - Programa Qualificação Essencial
  • Rede Imobiliária Secovi
  • Revista Secovi
  • Secovi Novos Empreendedores
  • Universidade Secovi-SP
  • Gentilezas Urbanas
  • Núcleo de Altos Temas