Institucional

Codese apresenta propostas para Bauru


Regularização fundiária para pelo menos 350 famílias anualmente está entre as metas para a próxima gestão 

O Conselho de Desenvolvimento Econômico, Sustentável e Estratégico (Codese) elaborou um plano de metas para a Bauru do futuro. As sugestões já foram enviadas aos pré-candidatos a prefeito. Com o uso de indicadores em seis áreas, a proposta é que os postulantes ao cargo assumam o compromisso de atender as metas, que estão em consonância com os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) da Organização das Nações Unidas (ONU).

Entre os grupos temáticos, está o de Planejamento Urbano, coordenado por Alfredo Neme, diretor de Incorporação Imobiliária e Terrenos Urbanos na Regional Secovi em Bauru e presidente da Assenag (Associação dos Engenheiros, Arquitetos e Agrônomos). Somente nesta área, por exemplo, a meta estipulada é construir dez quilômetros de ciclovias a cada ano e diminuir cinco pontos de alagamento todos os anos. Também estão previstas construções e reformas de praças esportivas, a regularização fundiária de pelo menos 350 famílias ao ano – e evitar que novos assentamentos precários apareçam –, além de tratar todo o esgoto.

Quanto ao desenvolvimento econômico, o Comitê coloca entre as prioridades a criação de um ambiente de negócios favorável à atração de novas empresas e consolidação das já existentes, incluindo a ampliação da economia criativa. “Outra meta importante é avançar no ranking das 60 cidades que mais incentivam o empreendedorismo, medida considerada fundamental para a geração de renda, trabalho e novos negócios no município”, pontua Riad Elia Said, diretor regional do Secovi na cidade. 

Autor: Assessoria de Comunicação do Secovi-SP


  • Ampliar
  • Câmara de Mediação Secovi-SP
  • Certificação Digital
  • Geosecovi
  • Milenium
  • PQE - Programa Qualificação Essencial
  • Rede Imobiliária Secovi
  • Revista Secovi
  • Secovi Novos Empreendedores
  • Universidade Secovi-SP
  • Gentilezas Urbanas
  • Núcleo de Altos Temas