Institucional

Diretoria do Secovi-SP para o biênio 2020-2022 é empossada


Posse formal da chapa, liderada por Basilio Jafet e composta por 46 empresários do setor, aconteceu na terça-feira, 28/1

“O Secovi-SP não é um fim em si mesmo. É um instrumento para que o setor imobiliário tenha o protagonismo e o valor que merece”. Foi assim que o presidente Basilio Jafet definiu o papel da instituição na posse formal da nova diretoria (biênio 2020-2022), realizada em 28/1, na sede da entidade. O ato foi oficializado pelo vice-presidente da Fecomercio-SP, Márcio Olívio Fernandes da Costa, responsável pela leitura e assinatura do termo de posse.

Agradecendo aos presidentes que o antecederam, Jafet destacou a responsabilidade de continuar a história de 74 anos de uma entidade reconhecida e respeitada, em âmbito nacional e internacional, por sua incansável luta pela moradia e pela defesa dos legítimos interesses do setor. “Temos o compromisso de enriquecer essa trajetória com muita inovação, tarefa facilitada por uma diretoria integrada por 46 empresários de destaque em vários segmentos. Um time de craques.”

Segundo ele, são quatro os principais pilares da nova gestão: repensar conceitos e modelos urbanísticos, visando soluções para melhorar a qualidade de vida da população e o bom desenvolvimento urbano, em especial a capital paulista, que serve de modelo para outras cidades; intensificar as relações com poder público (maior atuação política), ONGs e demais interlocutores (stakeholders), com posicionamentos claros e diálogos de alto nível nas divergências; atuar em sinergia com entidades de classe para otimizar ações, evitar retrabalhos e fortalecer pleitos comuns; repensar o Secovi-SP para adequá-lo ao novo mundo – no qual conceitos, valores e comportamentos mudam constantemente –, e para recompor sua musculatura financeira.

“Apoiamos o fim da obrigatoriedade da contribuição sindical, cientes do risco de brutal perda de receitas. Cortamos 50% do quadro de colaboradores. Os que permaneceram se desdobram para que continuemos operando com a mesma energia. Como já foi dito, o que o Secovi-SP faz pelo mercado não tem preço, mas custa. Vamos reforçar o valor de nossa instituição para o bom desempenho do setor, estimulando-o a colaborar para a sustentação do indispensável trabalho que fazemos em benefício de cada empresa.”

Com a presença dos membros da nova diretoria, os trabalhos foram conduzidos pelo presidente do Conselho Consultivo do Secovi-SP, Claudio Bernardes.

Integram a Diretoria Executiva: Basilio Jafet, presidente; Caio Portugal, 1º vice e também vice-presidente de Desenvolvimento Urbano e Meio Ambiente; Ricardo Yazbek, 2º vice e vice-presidente de Assuntos Legislativos e Urbanismo Metropolitano; Guilherme de Lucca, vice-presidente Administrativo e Financeiro. Vice-presidentes por segmentos de mercado: Adriano Sartori, Gestão Patrimonial e Locação; Alexandre Frankel, Novas Tendências; Caio Calfat, Assuntos Turísticos Imobiliários; Carlos Borges, Tecnologia e Sustentabilidade; Claudio Hermolin, Intermediação Imobiliária e Marketing; Emilio Kallas, Incorporação e Terrenos Urbanos; Frederico Marcondes César, Interior; Hubert Gebara, Administração Imobiliária e Condomínios; Rodrigo Luna, Habitação Econômica.

Integram a Diretoria Operacional: Abel Sarmento da Rocha, Ceci Soares Krahenbuhl Piccina, Efraim Schmuel Horn, Ely Flávio Wertheim, Eudoxios Stefanos Anastassiadis, Gustavo Guillaumon, Jorge Cury Neto, José Roberto de Toledo, José Romeu Ferraz Neto, Mauro Piccolotto Dottori. Nelson Parisi Júnior e Ricardo Paixão Tereso Araújo Barbosa.

Confira a chapa completa, bem como as respectivas designações.

Autor: Assessoria de Comunicação Secovi-SP


  • Ampliar
  • Câmara de Mediação Secovi-SP
  • Certificação Digital
  • Geosecovi
  • Milenium
  • PQE - Programa Qualificação Essencial
  • Rede Imobiliária Secovi
  • Revista Secovi
  • Secovi Novos Empreendedores
  • Universidade Secovi-SP
  • Gentilezas Urbanas
  • Núcleo de Altos Temas