Institucional

ESG, três letras que estão revolucionando o mundo dos negócios


Sua empresa já está engajada para incorporar estas práticas?
Incorpore as práticas ESG na sua empresa

O ESG (Environmental, Social and Governance), termo utilizado para designar práticas de mercado que consideram esses três aspectos, está no centro do debate empresarial.

Tal como acontece com muitos outros setores, os critérios ESG estão se tornando imperativos para as empresas do segmento imobiliário preocupadas com o futuro dos seus negócios e que já começaram a perceber a importância de encontrar o equilíbrio entre prioridades financeiras e fatores socioambientais.

Embora muitas empresas possuam, há anos, programas que reflitam alguns desses conceitos em seu repertório, novas práticas e métricas estão surgindo. Muitos temas que permeiam a pauta ESG trazem mudanças de hábitos e de costumes, cabendo às empresas a necessária reestruturação de políticas de governança e de modelos de negócios.

Novo mundo – ESG não é modismo, mas sim de algo definitivo. E as companhias que não estiverem preocupadas com os impactos ambientais e sociais ficarão fora do mercado. Todos, independentemente do porte de seus negócios, podem adotar práticas responsáveis considerando os fatores ESG na gestão empresarial,  e o Secovi-SP está empenhado em apoiar as empresas do setor para ingressarem nessa jornada.

E diante deste desafio, o Sindicato vem disseminando as questões ESG como uma forma de apoiar o setor imobiliário neste processo imprescindível para o futuro e a perenidade dos negócios.

Em julho deste ano, o Secovi-SP realizou o VII Encontro de Construtores e Incorporadores em parceria com o SindusCon-SP (Sindicato da Indústria da Construção do Estado de São Paulo), evento no qual especialistas debateram o tema para um público de mais de 300 interessados que acompanharam o evento on-line.

Detalhes - De forma resumida, ESG significa incorporar uma cultura de proteção ao meio ambiente, de respeito aos direitos humanos e de adoção de práticas de governança, ética e transparência. “Não se trata de um selo, mas sim de trazer a sustentabilidade como um valor para o negócio”, esclarece Carlos Borges, vice-presidente de Tecnologia e Sustentabilidade do Secovi-SP.

Material está disponível para download

Outra atividade promovida pelo Sindicato foi a adesão à iniciativa promovida pelo grupo “Reformar para Mudar”, com o objetivo de realizar o mapeamento de práticas ESG. A pesquisa entre os associados da entidade resultou no Relatório de Boas Práticas, que mostra o compromisso das empresas com os aspectos ambientais, sociais e de governança.

Dentre o universo pesquisado, 85% desenvolvem gestão de resíduos, 58% promovem ações de impacto junto à comunidade do entorno de seus empreendimentos, 73% realizam ações sociais e 65% contratam auditoria externa, dentre outros resultados.

Organizado por equipe de pesquisadores coordenada por Livio Giosa, vice-presidente da ADVB (Associação dos Dirigentes de Vendas e Marketing do Brasil) e coordenador geral do IRES (Instituto ADVB de Responsabilidade Socioambiental), o relatório traz várias conclusões, e destaca que as empresas reconhecem a importância da adoção dos princípios ESG. Contudo, apenas uma pequena minoria consegue colocá-los em prática.

Com base na publicação, as empresas do mercado imobiliário precisam aprimorar as boas práticas, criar indicadores de acompanhamento e desenvolver metas claras de melhoria ano a ano, sistematizando e documentando todo o arcabouço de iniciativas auditáveis para obter a percepção clara de todos os agentes envolvidos.

Giosa ressalta que somente uma empresa da construção civil obteve o Índice de Sustentabilidade Empresarial da Bolsa de Valores de São Paulo (ISE da B3) dentre as 36 outras companhias listadas.

Para fechar o ano de 2021, a vice-presidência de Tecnologia e Sustentabilidade do Secovi-SP coordena a realização do Primeiro Diálogo ESG do setor imobiliário que, em conjunto com Aelo (Associação das Empresas de Loteamento de Desenvolvimento do Estado de São Paulo), objetiva iniciar os debates para traçar uma agenda estratégica setorial.

O evento gratuito acontecerá no dia 24/11, das 9 às 12 horas, em formato híbrido (on-line e presencial) na sede do Secovi-SP (Rua Dr. Bacelar, 1.043, Vila Mariana, São Paulo-SP). Inscrições abertas.

 

Autor: Assessoria de Comunicação - Secovi-SP 


  • Ampliar
  • Câmara de Mediação Secovi-SP
  • Certificação Digital
  • Geosecovi
  • Milenium
  • PQE - Programa Qualificação Essencial
  • Rede Imobiliária Secovi
  • Revista Secovi
  • Secovi Novos Empreendedores
  • UniSecovi