Institucional

Governo do Estado flexibiliza fase de transição do Plano SP


De 1º a 16/8, o atendimento presencial será ampliado até as 24 horas, e a capacidade de ocupação passa de 60% para 80%. Fase de retomada segura começa em 17/8, com possibilidade de até 100% de ocupação dos espaços
Ricardo Nunes, João Doria e Júlio Lancellotti durante coletiva 
Foto: Governo do Estado de São Paulo

Na tarde do dia 28/7, o governador do Estado de São Paulo, João Doria, apresentou as flexibilizações da Fase de Transição do Plano SP, durante coletiva de imprensa com a presença de secretários, membros do Centro de Contingência do Coronavírus, do padre Júlio Lancellotti, da Pastoral do Povo de Rua de São Paulo, e do prefeito da cidade, Ricardo Nunes.

Conforme o anúncio das flexibilizações do Plano SP, de 1º a 16/8, a capacidade de ocupação dos estabelecimentos pode ser de até 80%, o horário de funcionamento do comércio e o atendimento presencial ficam liberados das 6 às 24 horas. Não haverá mais toque de recolher no Estado de São Paulo.

A partir de 17/8, inicia a fase de Retomada Segura do Plano SP, com possibilidade de até 100% de ocupação dos espaços e fim do limite de horário de funcionamento do comércio.

O governo ressaltou a importância de se evitar aglomerações, e destacou a necessidade de se adotar os protocolos sanitários, as regras de higiene e de distanciamento social de um metro entre as pessoas. Permanece obrigatório o uso de máscara em todos os ambientes.

O Secovi-SP aguardará a publicação do decreto para detalhar as informações.

Autor: Assessoria de Comunicação - Secovi-SP


  • Ampliar
  • Câmara de Mediação Secovi-SP
  • Certificação Digital
  • Geosecovi
  • Milenium
  • PQE - Programa Qualificação Essencial
  • Rede Imobiliária Secovi
  • Revista Secovi
  • Secovi Novos Empreendedores
  • UniSecovi