Institucional

Hoje é Dia da Gentileza Urbana em São Paulo


Secovi-SP comemora o 17 de setembro, lembrando da importância da solidariedade, da empatia e do amor entre as pessoas
Dia da Gentileza Urbana é comemorado dia 17 de setembro

Hoje, 17 de setembro, é o Dia da Gentileza Urbana. Sugerida pelo Secovi-SP, a data comemorativa é objeto da Lei Municipal 16.027/2014.

Para comemorar a data, o Secovi-SP não vai realizar nada de grandioso, neste momento, mas faz questão de lembrar da importância de espalhar e promover delicadeza, cortesia, amabilidade, cordialidade, solidariedade e empatia entre as pessoas.

Empatia no lugar da apatia – No espaço urbano, a gentileza torna-se ainda mais necessária, de acordo com Roberta Bigucci, diretora do Secovi-SP e coordenadora de Projetos Especiais de Responsabilidade Social da entidade. “As cidades são densas e estimulam as pessoas ao anonimato e isolamento. Isso ficou muito forte durante a pandemia de coronavírus. Mas, por outro lado, esse período mostrou a importância da empatia, porque o distanciamento social e o uso de máscaras, por exemplo, são ações individuais em prol do coletivo. Cada um atuou sozinho, para ajudar a todos”, destaca.

Para ela, durante a pandemia, cada um sentiu-se mais responsável em relação ao outro. “Contudo, temos de estimular ainda mais a empatia e combater a apatia. Não custa olhar para o lado e perceber os sorrisos, a diversidade, os problemas e as dores do outro. Respeitar e ajudar quem precisa. Para isso, é preciso manter ouvidos atentos, ter olhos sensíveis e coração aberto”, observa a diretora do Secovi-SP.

Grupo Big Riso em campanha de doação de sangue

A conscientização dessa necessidade é uma maneira de mudar comportamentos e, assim, criar espaços urbanos diferenciados, tendo a gentileza como prática comum. “A pandemia fez com que todos desacelerassem. E há pesquisas que mostram que a velocidade com que as pessoas andam nas ruas tem relação inversamente proporcional à propensão de elas ajudarem estranhos. Ou seja, quanto mais rápido eu for, menos gentil eu serei. Durante esse período de covid-19, pudemos parar e olhar quantas pessoas sofrem, principalmente com a falta de alimentação mínima. Sabendo disso, podemos mudar a nossa forma de agir”, diz Roberta.

Nesse sentido, o Secovi-SP, em parceria com o Ampliar, está desenvolvendo Campanha de Arrecadação de Alimentos e produtos de higiene pessoal, que será lançada brevemente.

História - O nascimento do programa Gentilezas Urbanas do Secovi-SP foi em 2012, após a conclusão do recém-empossado presidente da época, Claudio Bernardes, que algo deveria ser feito para sensibilizar as pessoas acerca da importância de identificar e promover a gentileza nos espaços urbanos. A partir daí, foram criadas e desenvolvidas inúmeras ações sociais.

O Gentilezas Urbanas foi criado, efetivamente, a partir da promoção iniciada em 2013, e estendida por 12 meses, de um concurso fotográfico em parceria com a plataforma Catraca Livre, do falecido jornalista Gilberto Dimenstein. O sucesso foi tamanho, que o programa incorporou outras ações e anualmente desenvolve iniciativas para lembrar da importância de ser gentil e solidário.

Autor: Assessoria de Comunicação - Secovi-SP


  • Ampliar
  • Câmara de Mediação Secovi-SP
  • Certificação Digital
  • Geosecovi
  • Milenium
  • PQE - Programa Qualificação Essencial
  • Rede Imobiliária Secovi
  • Revista Secovi
  • Secovi Novos Empreendedores
  • UniSecovi