Notícias

Individualização de água em condomínios

Foi um dos temas abordados no Ciclo de Palestras para Síndicos, realizado dia 26 de setembro, na Expo Síndico Secovi Condomínio
28/09/2009

Individualização de água em condomínios foi um dos temas que foram abordados no Ciclo de Palestras para Síndicos, evento simultâneo à Expo Síndico Secovi Condomínio, realizado no dia 26 de setembro, no Pavilhão de Exposições do Anhembi.

O evento, coordenado por Carlos José Berzoti, membro da vice-presidência de Administração Imobiliária e Condomínios do Secovi-SP e diretor da Condovel, contou com palestras de Marcelo Fornaziero de Medeiros, gerente da Sabesp, e de Eduardo Felipe Cavalcante de Correa, especialista em recursos hídricos da ANA (Agência Nacional de Águas).

Eles ressaltaram a importância do uso racional de água, dando várias dicas para economizar água, como mudança na rotina de lavagem das áreas comuns, eliminação do uso da vassoura hidráulica, procura permanente de vazamentos, incentivo ao reuso de água, entre outras. E, principalmente, a conscientização dos condôminos quanto ao tempo do banho, uso do lavatório e vaso sanitário, entre outras ações nas unidades autônomas.

ProAcqua - O gerente da Sabesp abordou os aspectos estruturais do programa, dividido em quatro pilares: capacitação profissional, avaliação técnica de produtos inovadores, garantia da qualidade e educação ambiental.

Segundo ele, a grande preocupação da concessionária é com a qualidade da medição e a segurança dos condôminos, pois todo o processo ocorre remotamente, não havendo necessidade do profissional da Sabesp entrar no imóvel para a leitura do medidor de água, nem tão pouco para efetuar o corte do fornecimento, no caso de inadimplência.

Ele explicou como funciona o ProAcqua, que começou atendendo unidades do CDHU em comunidades carentes (Francisco Morato), mas está disponível para qualquer tipo de edifício. Para isso, o condomínio interessado na medição individualizada escolhe o profissional certificado pelo ProAcqua para fazer as instalações e a manutenção internas. Atualmente, há duas empresas homologadas pelo ProAcqua - Mobix e CAS.

A empresa contratada vai providenciar a instalação de um medidor em cada apartamento, por meio de um sistema de comunicação por rádio ou cabo, o valor de cada um é contabilizado e enviado para uma central (concentrador), que na maioria dos casos é instalado no andar térreo dos edifícios.

O gerente esclareceu que o custo da adequação e da manutenção das instalações internas fica a cargo do condomínio. Sob a responsabilidade da Sabesp ficam a leitura e a emissão de conta individual por unidade e o corte do fornecimento dos inadimplentes. "A Sabesp não vai cobrar pela leitura nem pela emissão das contas", informou.

Além da emissão de conta individual por unidade, a Sabesp também verifica o consumo da área comum do condomínio, que é apurado e cobrado em conta específica. "A medição e o corte são feitos remotamente. Isto é, a Sabesp não precisa entrar no condomínio para realizar esse serviço", reiterou a superintendente.

Legislação - Ele salientou que ainda não há lei aprovada que obrigue a instalação de hidrômetros individuais nas edificações. "Acho que nem precisa de lei. Isso é uma questão de mercado. Antes de ser lei, a sociedade deve se preparar para a individualização". Contudo, a legislação ampara o corte do fornecimento de água por inadimplência, afirmou, referindo-se à Lei 41.446, de dezembro de 1996 e à Lei do Saneamento (11.445, 5 de janeiro de 2007).

Comente esta notícia

Meu Secovi

Secovi informa

Mantenha-se atualizado sobre o mercado imobiliário.

Receba nossa newsletter

Associados

Encontre uma empresa associada:

Ainda não é um associado?

Associe sua empresa

  • Ampliar
  • Biblioteca Secovi
  • Câmara de mediação Secovi
  • Condomínios Secovi
  • GeoSecovi
  • Milenium
  • PQE Secovi
  • Rede Secovi de Imóveis
  • Universidade Secovi