Institucional

INTERIOR - Bauru discute ações de enfrentamento ao coronavírus


Setores público e privado se reúnem para analisar medidas de auxílio para a cidade  
           Bauru discute medidas de enfretamento à pandemia

Diante dos primeiros casos confirmados de coronavírus em Bauru e da decretação do estado de calamidade pública na cidade por conta da pandemia, ocorridos no início do mês, várias ações têm se intensificado no combate à proliferação do vírus. As restrições no comércio e na área de serviços, por exemplo, têm como objetivo manter o isolamento social e diminuir o contágio entre as pessoas, evitando a sobrecarga e eventual colapso no sistema de saúde.

No final de março, a Prefeitura de Bauru, por meio da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico Turismo e Renda (Sedecon), promoveu uma reunião para discutir o cenário da economia frente ao coronavírus, juntamente com as lideranças dos setores econômicos da cidade. Na conversa com o prefeito Clodoaldo Gazzetta e com os secretários municipais, os empresários ouviram que as indústrias, os hotéis e a construção civil podem continuar funcionando, desde que respeitados os protocolos do Ministério da Saúde e as legislações especiais.

Os dirigentes também reforçaram o pedido de possível prazo de carência ou postergação de pagamentos de impostos municipais para que a população, bem como o empresariado, tenha tempo para se organizar. Em decreto especial publicado no domingo, 29/3, a prefeitura prorrogou para dezembro o pagamento da primeira parcela do IPTU (Imposto sobre Propriedade Territorial e Predial Urbana), que seria cobrada em abril. 

Representantes do Secovi-SP, assim como de outras entidades, também manifestaram preocupação quanto à manutenção, ainda que mínima, do funcionamento das empresas, de forma a garantir sua sobrevivência. “A reunião foi muito produtiva, pois pudemos expressar nossas necessidades e sugestões para encontrar soluções que beneficiem a todos, num momento que exige cooperação mútua e muito entendimento”, afirma Riad Elia Said, diretor regional do Sindicato da Habitação em Bauru. 

Eleição on-line  - Após uma inédita votação pela internet, ocorrida em 25/3, a Assenag (Associação dos Engenheiros, Arquitetos e Agrônomos de Bauru) elegeu agora um novo presidente, o engenheiro Alfrede Neme Neto. Ele vai acumular também o cargo de diretor de Incorporação Imobiliária e Terrenos Urbanos do Secovi na cidade. “Muito ativo em nossa Regional, participante de várias comissões e conselhos do município, certamente fará uma gestão importante, que trará grandes benefícios para o desenvolvimento local”, enfatiza Riad.

Para ler outros comunicados sobre o mercado imobiliário e o coronavírus, acompanhe o Especial SecovI-SP Coronavírus - COVID-19

Autor: Assessoria de Comunicação do Secovi-SP


  • Ampliar
  • Câmara de Mediação Secovi-SP
  • Certificação Digital
  • Geosecovi
  • Milenium
  • PQE - Programa Qualificação Essencial
  • Rede Imobiliária Secovi
  • Revista Secovi
  • Secovi Novos Empreendedores
  • Universidade Secovi-SP
  • Gentilezas Urbanas
  • Núcleo de Altos Temas