Notícia

“Madeira é Legal” disponibiliza novo livro para download gratuito


Lançamento aconteceu durante o seminário Avanços e Desafios da Madeira Tropical Amazônica, no início de dezembro

Está disponível para download gratuito a publicação Lições da madeira legal e certificada junto ao setor da construção civil, do Programa Madeira é Legal, do qual o Secovi-SP é signatário. O livro resgata e registra os seis anos de história da iniciativa. De acordo com esta publicação, entre 64 e 80% da produção de madeira na Amazônia é proveniente de áreas desmatadas ou exploradas ilegalmente de forma insustentável, e o estado e a cidade de São Paulo são os maiores consumidores de madeiras tropicais do país, sendo que a construção civil representa grande parte deste consumo.

“As consequências do desmatamento ilegal são o agravamento das alterações climáticas a nível regional, nacional e global e a perda de habitat, que, eventualmente, pode ocasionar a extinção de espécies de flora e fauna. Por isso, os setores da construção civil, incorporação imobiliária e desenvolvimento urbano precisam envidar todos os esforços para resolver definitivamente este gravíssimo problema, que tristemente ainda existe no país”, afirma o diretor de Sustentabilidade do Secovi-SP, Hamilton Leite.

O dirigente participou do seminário Avanços e Desafios da Madeira Tropical Amazônica, realizado pelo WWF-Brasil, a Rede Amigos da Amazônia (RAA) e a Fundação Getúlio Vargas, com apoio da União Europeia, durante o qual aconteceu o lançamento do livro, dia 3/12, em São Paulo. O evento discutiu diversas questões relacionadas à exploração, produção e comercialização de madeira sustentável no Brasil. Foram realizadas mesas-redondas sobre compras públicas sustentáveis, a legalidade desta cadeia produtiva e a sua governança. Atores sociais de vários estados da Amazônia – como Acre, Amazonas, Mato Grosso e Pará – estiveram presentes na ocasião.

Celebração

O seminário marcou a celebração dos dez anos de uma parceria internacional que contribuiu com a conservação da Amazônia promovendo a legalidade e sustentabilidade da cadeia produtiva da madeira.

O Projeto Governança Florestal e Comércio Sustentável da Madeira Amazônica, desenvolvido ao longo da última década, teve como objetivo apoiar o desenvolvimento da economia florestal no Brasil e impulsionar a agenda da “madeira responsável”.

Madeira responsável é legal e certificada - aquela explorada e produzida com critérios socioambientais justos, promovendo ao mesmo tempo a conservação da biodiversidade e a geração de renda das populações amazônicas. 

Fonte: Com informações da Assessoria de Imprensa da WWF

Autor: Catarina Anderáos

Comente essa notícia


  • Ampliar
  • Câmara de Mediação Secovi-SP
  • Certificação Digital
  • Geosecovi
  • Milenium
  • PQE - Programa Qualificação Essencial
  • Rede Imobiliária Secovi
  • Revista Secovi
  • Secovi Novos Empreendedores
  • Universidade Secovi-SP
  • Gentilezas Urbanas
  • Núcleo de Altos Temas