Institucional

Secovi-SP e Fapesp vão investir em pesquisa sobre o setor imobiliário


Acordo de Cooperação tem foco em políticas públicas, avanços na legislação, modelos econômicos e sustentabilidade na construção civil
                   Representantes do Secovi-SP e da Fapesp firmam acordo

A Fapesp e o Secovi-SP (Sindicato da Habitação) assinaram nesta terça-feira, 10/10, um Acordo de Cooperação para Pesquisas com foco no setor imobiliário. O documento prevê a publicação de uma chamada de propostas de pesquisas para seleção de projetos no âmbito do Programa de Apoio à Pesquisa em Parceria para Inovação Tecnológica (PITE), da Fapesp.

Flavio Amary, presidente do Secovi-SP, e os vice-presidentes Caio Portugal, Carlos Alberto Borges, Caio Calfat e Flavio Prando foram recebidos por José Goldemberg, presidente da Fapesp, Eduardo Moacyr Krieger, vice-presidente, Carlos Henrique de Brito Cruz, diretor científico, e Patrícia Tedeschi, gerente da área Pesquisa para Inovação, da Fundação. Hamilton França Júnior, assessor executivo de Educação Corporativa da Universidade Secovi, também participou do encontro.

O acordo prevê investimento anual de até R$ 4 milhões ao longo dos próximos 10 anos, divididos entre os parceiros. Os valores destinados pelo Secovi-SP ao financiamento de pesquisas serão obtidos mediante a captação de recursos voluntários de empresas ou entidades, públicas ou privadas, interessadas em apoiar o projeto.

Entre os temas de interesse em pesquisa estão políticas públicas, aperfeiçoamento da legislação e do modelo econômico, mercado imobiliário e a sustentabilidade dos produtos e serviços – que envolve uso de água, energia e gás, geração de resíduos sólidos e efluentes, ciclo de vida de materiais e sistemas, emissões de gases de efeito estufa e responsabilidade social das empresas que atuam no setor.

Para José Goldemberg, o acordo vai contribuir para dinamizar as atividades do setor imobiliário. “Precisamos democratizar os gastos para construção e operação de residências, e fazê-las funcionar melhor. Construir melhor representa custo menor”, disse. “A Fapesp, que atua em todas as áreas do conhecimento e na inovação, tem interesse nos temas propostos neste acordo de cooperação.”

A proposta é associar pesquisadores de instituições de ensino e pesquisa no Estado de São Paulo e do Secovi-SP para formar competências e gerar conhecimento que possa ser aplicado em políticas para o setor imobiliário.

“Sustentabilidade na construção civil e na política para habitação são temas essenciais para o Estado de São Paulo e neles estará o foco do Centro de Pesquisa em Engenharia que será selecionado pela Fapesp em conjunto com o Secovi-SP. O edital conjunto oferecerá mais uma oportunidade para que pesquisadores no Estado de São Paulo contribuam com ciência avançada para o tratamento de desafios essenciais ao desenvolvimento”, disse Brito Cruz.

O Programa Centros de Pesquisa em Engenharia (CPEs) apoia projetos de pesquisa competitiva segundo referenciais mundiais de excelência. Os centros são sediados em uma instituição de pesquisa no Estado de São Paulo, com equipe composta por pesquisadores principais, associados e visitantes, pós-doutores, estudantes de pós-graduação e de graduação e pessoal técnico, apoiada por serviços administrativos e de gestão.

“O acordo com a Fapesp se reveste de grande importância para o aprimoramento de todas as atividades que integram a extensa cadeia da indústria imobiliária. Com o estímulo à pesquisa, investimos na melhoria contínua dos produtos e serviços oferecidos pelos diversos segmentos, e também contribuímos para proporcionar melhor qualidade de vida à sociedade”, afirmou Flavio Amary.

Escrever a matéria aqui ...

Autor: Assessoria de Comunicação

Comente essa notícia


  • Ampliar
  • Câmara de Mediação Secovi-SP
  • Certificação Digital
  • Geosecovi
  • Milenium
  • PQE - Programa Qualificação Essencial
  • Rede Imobiliária Secovi
  • Revista Secovi
  • Secovi Novos Empreendedores
  • Universidade Secovi-SP
  • Gentilezas Urbanas
  • Núcleo de Altos Temas