Institucional

Secovi-SP é representado em congressos norte-americanos


Coordenador de Relações Internacionais, João Crestana, compartilhou informações sobre o Brasil e o setor imobiliário
João Crestana durante palestra no congresso da Miami Association of Realtors

O coordenador de Relações Internacionais do Secovi-SP, João Crestana, representou a entidade em dois importantes eventos do mercado imobiliário norte-americano, realizados em novembro, onde compartilhou informações sobre o mercado brasileiro e sua situação político-econômica e teve acesso a melhores práticas, novos produtos e dados interessantes de mercado. A primeira participação foi no congresso da Miami Association of Realtors (MAR), em Miami, seguindo de lá para Chicago, para a Realtors Conference & Expo, organizada pela National Association of Realtors (NAR).

No congresso da MAR, o coordenador de Relações Internacionais fez uma apresentação com ênfase na situação político-econômica do Brasil. “Expliquei que o País é muito institucionalizado, sofre insegurança devido à situação política, com um governo sem o respaldo popular padrão. No entanto, disse estar otimista pelo fato de os jovens estarem discutindo mais política, urbanismo e condições reais de vida”, relatou. Segundo ele, em Miami, a parceria com o Secovi-SP e com o Brasil é muito valorizada devido à boa relação comercial e também ao fato de a entidade ter sido a primeira parceira formal a se associar à MAR.

Para João Crestana, em Miami é perceptível a intensidade com que corretores de imóvel se aproximam profissionalmente de seus clientes usando tecnologia e suas facilidades. “Eles obtém conhecimento dos clientes, são precisos, o estudo é grande e profundo”, disse. Quanto aos compradores de imóveis estrangeiros, embora continuem comprando, hoje os brasileiros são em menor número. Os grandes clientes são Canadá (aposentados em busca de clima mais quente), Venezuela (fuga generalizada) e Argentina.

“Miami é um termômetro do desempenho imobiliário nacional. É um mercado crescente, moderadamente. Na região, estão fazendo investimento metropolitano com trens rápidos para interligar cidades e transportes marítimos, navios de grande capacidade, visando ao novo canal do Panamá”, explicou Crestana. Ele comentou que há dois conselhos na cidade: um urbanístico e outro formado por um grupo de empreendedores que busca dotar a cidade de facilidades que tragam investimentos externos de forma consistente para a região metropolitana, com resultados muito bons.

O coordenador de Relações Internacionais durante jantar internacional da NAR

Crescimento econômico moderado

Em Chicago, João Crestana representou o presidente Flavio Amary na cerimônia de posse da nova diretoria da NAR e no jantar internacional da Realtors Conference & Expo, e atendeu a palestras. Segundo o seu relato, os dados apresentados mostram que os Estados Unidos vão crescer de maneira discreta, cerca de 2% ao ano, com a inflação no mesmo patamar. O mercado imobiliário vem crescendo moderadamente, mas com consistência. “Estão construindo pouco e, com a falta de oferta, foi gerada uma demanda crescente que, gradativamente, poderá elevar os preços”, comentou.

Uma tendência observada por Crestana é o uso de recursos tecnológicos nos negócios imobiliários. Nas palestras e treinamentos sobre vendas e relacionamento com cliente, o celular apareceu como protagonista. “Virou instrumento de venda, com muitos aplicativos poderosos que trazem ao corretor grande facilidade de venda. Mais de 20 mil participantes da NAR compram e usam esses softwares e apps. Esses profissionais são muito treinados, qualificados e estão gerando demanda, que vai levar à construção de novos imóveis”, relatou.

Autor: Assessoria de Comunicação - Secovi-SP

Comente essa notícia


  • Ampliar
  • Câmara de Mediação Secovi-SP
  • Certificação Digital
  • Geosecovi
  • Milenium
  • PQE - Programa Qualificação Essencial
  • Rede Imobiliária Secovi
  • Revista Secovi
  • Secovi Novos Empreendedores
  • Universidade Secovi-SP
  • Gentilezas Urbanas
  • Núcleo de Altos Temas