Segurança Patrimonial

SEGURANÇA PATRIMONIAL

É muito importante conhecermos o conceito de segurança para podermos desenvolver ações preventivas.

A palavra segurança tem sua origem do latim "securitas" - medidas destinadas à garantir a integridade de pessoas, bens e instituições.

É a integração de medidas e normas, com adequações físicas, agregadas ao profissional especializado e a alta tecnologia.

O maior desafio da segurança, é antever e dar soluções para as situações de perigo.

Não se pode esquecer que a responsabilidade pela segurança do sistema é de TODOS.

Qual a maior arma utilizada pelos bandidos?

É O FATOR SUPRESA!

Por isso, a melhor maneira de evitar um sinistro é fazer um trabalho de PREVENÇÃO.

Neste trabalho devem ser analisados os riscos pessoais e das instalações físicas.

Os síndicos devem solicitar aos consultores de segurança que o assessorem nasanalises dos riscos e na elaboração dos planos de segurança do condomínio.

De posse dessas informações deve-se elaborar um Plano de Segurança, que pode ser dividido em 3 etapas.

1ª PLANO FÍSICO - é a analise criteriosa das instalações físicas onde se deve adequá-las visando dificultar o acesso evitando ao máximo a invasão.

Ex. Construção de clausuras nas entradas de pedestres e nos acessos à veículos.

Como aliado importante, temos a utilização dos equipamentos eletrônicos, que tem como principal função, auxiliar os funcionários e moradores na vigilância das instalações.

Ex.: Controle de Acessos - Sensores de alarmes - Circuito Fechado de Televisão (CFTV)

2ª PLANO OPERACIONAL - consiste em procedimentos operacionais com regras especificas para cada integrante do sistema (condômino -moradores - funcionários e usuários), as quais deverão ser aprovadas em assembléia e obedecidas por TODOS.

3ª PLANO DE CONTINGÊNCIA - definição das situações críticas, de modo que todos os envolvidos no sistema, durante a concretização do risco possuam um roteiro de ações que devem ser implementadas, visando o restabelecimento da normalidade, tendo em vista que toda situação crítica gera uma urgência.

Após a fase de planejamento deve-se dar muita atenção ao treinamento dos funcionários que estarão na operação de todo o sistema e conscientizar os condôminos e moradores, através de palestras, circulares e quadros de avisos, para manterem-se integrados.

Em função de suas características , cada condomínio deve estudar o que melhor lhe convém, proporcionando um maior estado de segurança a TODOS.

Para auxiliar o planejamento da segurança, o Secovi publicou o Manual de Segurança Patrimonial, voltado para os condomínios, e realiza constantes cursos para através da Universidade Secovi.

Meu Secovi

Secovi informa

Mantenha-se atualizado sobre o mercado imobiliário.

Receba nossa newsletter

Associados

Encontre uma empresa associada:

Ainda não é um associado?

Associe sua empresa

  • Ampliar
  • Biblioteca Secovi
  • Câmara de mediação Secovi
  • Condomínios Secovi
  • GeoSecovi
  • Milenium
  • PQE Secovi
  • Rede Secovi de Imóveis
  • Universidade Secovi